Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Sistema MES: Como funciona e quando é indicado?

6 de novembro de 2019
ERP
sistema-mes

Com a contínua inovação industrial e a chegada da indústria 4.0, otimizar o nível de qualidade e agilidade dos processos produtivos é cada vez mais importante para a competitividade e a sobrevivência no setor. Nesse cenário, o sistema MES é uma ferramenta importante para dar suporte a essa evolução.

Entenda como o MES funciona e por que sua indústria deve considerar a contratação desse software!

Qual é a proposta do sistema MES?

O Manufacturing Execution System (Sistema de Execução de Manufatura) é um software capaz de gerenciar, monitorar e sincronizar a execução dos processos de produção em tempo real. Desenvolvido para atender às demandas e urgências do chão de fábrica, o sistema MES oferece diferentes funcionalidades para o controle de todo o fluxo produtivo.

A ferramenta automatiza e integra informações confiáveis sobre cada etapa da linha de produção, desde a emissão das ordens de pedido até o estoque de produtos acabados. Essa precisão e agilidade no acompanhamento contribui com as tomadas de decisões estratégicas e os ganhos de eficiência em toda a indústria

Alinhado aos princípios do Lean Manufacturing e Just In Time, o sistema MES viabiliza a redução de setups, perdas de materiais, custos de produção e atrasos na entrega dos pedidos, otimizando automaticamente a disponibilidade das máquinas, a produtividade industrial e o lead time

Funcionalidades do Sistema de Execução de Manufatura

As principais funcionalidades que o sistema MES oferece para a gestão da produção industrial são:

 

  • Importação de parâmetros para a produção, incluindo ordens de pedido, instruções e documentações específicas;
  • Monitoramento das atividades de produção, tempos de operação, disponibilidade de máquinas, bem como a relação de materiais utilizados;
  • Histórico de ocorrências, paradas, prejuízos, problemas na qualidade e retrabalhos;
  • Emissão de alertas para a reposição de material;
  • Gestão da produtividade de máquinas (OEE) e mão de obra (OLE);
  • Controle estatístico do processo (CEP) e de indicadores de capacidade;
  • Análise de métricas e resultados da produção.

 

A integração entre o sistema MES e o ERP

Um dos grandes diferenciais do sistema MES diante de outras ferramentas focadas no controle da linha de produção é a capacidade de integração com o ERP, eliminando a lacuna entre as informações gerenciais e operacionais!

Nesse processo, enquanto o ERP controla todos os dados referentes a inventário e demanda do cliente, o MES interpreta essas informações, garantindo e controlando a execução do processo produtivo. 

Dessa forma, esses sistemas promovem, em conjunto, a eficiência e segurança operacional, além de possibilitarem uma visão sistêmica e fundamentada para as tomadas de decisão.

Um sistema de gestão focado em indústrias está preparado para se comunicar com outro software de produção, como o próprio MES ou o APS, por exemplo. Entenda todos os diferenciais de um ERP industrial e evite dores de cabeça no dia a dia da sua gestão:

Tudo o que um ERP especialista pode fazer pela sua indústria

 

 

Comentários

Tags Relacionadas Gestão de IndústriasSistema MES
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se