Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Capacidade produtiva: O que é e como um sistema de gestão ajuda a calcular

10 de junho de 2021
ERP
capacidade-produtiva

A capacidade produtiva da sua empresa precisa estar no centro do planejamento para conseguir tomar decisões mais eficientes, que evitem o desperdício e alcancem mais produtividade no seu fluxo de trabalho.

Por essa razão, é fundamental ter um bom volume de informações para fazer a gestão do seu negócio, de forma a pensar a capacidade produtiva de maneira geral e detalhada. É nesse contexto que um sistema de gestão pode ajudar, já que fornece dados precisos sobre o controle dos seus produtos ou serviços.

Dessa forma é possível garantir os melhores resultados e uma boa qualidade na entrega dos seus produtos e serviços, afinal, a baixa produção pode significar a perda de oportunidades comerciais e até mesmo dar brecha para o seu cliente ir comprar na concorrência. Por outro lado, ter excesso de matérias-primas pode ser um desperdício de espaço e ocasionar em maiores gastos.

Fazer uma boa gestão é também garantir um alto nível de produtividade e com isso, os seus funcionários conquistam autonomia, o que resulta na satisfação dos mesmo em relação a empresa. E isso, é claro, fica refletido na qualidade de seus produtos.

O que é capacidade produtiva?

A capacidade produtiva nada mais é do que a quantidade máxima de produção que sua empresa consegue atingir dos seus produtos em um período de tempo determinado e com recursos disponíveis. Essa métrica representa o índice de produtividade que sua empresa possui em relação a velocidade dos processos.

O cálculo da capacidade produtiva do seu negócio é fundamental para entender o momento que sua empresa está e se precisa de ajustes para conter gargalos, investir mais em publicidade e marketing, entre outros aspectos.

O ideal é que haja um equilíbrio entre a demanda e a operação, para não ter problemas de falta de produtos que prejudiquem a reputação da sua marca, e nem excessos, o que significa desperdício de matéria-prima.

Muitas empresas erram ao achar que produzir muito mais do que vende é o caminho para o sucesso. Mas a verdade é que fazer isso acumula muito espaço no estoque e resulta em falta de espaço para novas mercadorias, como também na defasagem de produtos.

Para ter um controle de produção bem estruturado é preciso conhecer bem o seu negócio e todas as suas nuances para fazer um cálculo correto de recursos necessários.

Por que é importante calcular a capacidade produtiva?

Fazer o cálculo da capacidade produtiva do seu negócio é o jeito mais eficiente de identificar possíveis gargalos na sua operação e tornar o trabalho dos funcionários mais ágil.

Uma boa gestão pode garantir maior controle do estoque, o que ajuda a conquistar uma margem de lucro mais atrativa.

A satisfação dos funcionários também é uma das vantagens encontradas quando se conquista um alto controle e domínio da sua capacidade produtiva, pois as tarefas são mais dinâmicas e já preveem possíveis imprevistos ou aumento de demanda.

Como calcular a capacidade produtiva?

Existem diferentes maneiras de calcular a capacidade produtiva do seu negócio. As empresas podem aplicar diferentes métodos para conseguir chegar em um valor que tenha mais sinergia com o momento da empresa.

É possível realizar cálculos que vão incluir as perdas e considerar de fato qual foi a capacidade que uma indústria conseguiu entregar de itens prontos. Já outros cálculos levam em conta um planejamento de perdas.

Para conhecer essas metodologias, separamos os principais tipos de cálculo da capacidade produtiva a seguir:

Capacidade instalada

A capacidade instalada calcula o nível máximo de produção que uma empresa consegue chegar, e define uma porcentagem de fabricação de produtos ou serviços para saber se está adequada para que o negócio tenha lucro. Por exemplo, caso a indústria produza 100 ferramentas em uma hora, por dia podem ser produzidas 2400 ferramentas, considerando um dia inteiro sem pausas, manutenções e etc.

Capacidade disponível

A capacidade disponível é semelhante à anterior, mas leva em consideração apenas a real capacidade disponível na indústria. Ou seja, se ela trabalha com um turno de 12 horas, é possível produzir 1200 ferramentas.

Capacidade efetiva

A capacidade efetiva leva em conta um planejamento de perdas previsíveis em toda a produção, como manutenções, troca de colaboradores e até mesmo de amostragem. Portanto, levando ainda em conta o exemplo das ferramentas, se por dia ocorrer uma perda de 5%, a capacidade efetiva será de 1140 ferramentas.

Capacidade realizada

A capacidade produtiva realizada nada mais é do que o cálculo do quanto foi gerado no período anterior, considerando também as perdas que não eram esperadas por fatores como falta de energia, falta de insumos, manutenções não planejadas e etc. Nesse caso, o cálculo pode ser feito a partir dos dados históricos de perdas não previstas na indústria.

Como um ERP pode ajudar no cálculo da capacidade produtiva?

Quando o assunto é capacidade produtiva é importante contar com a tecnologia para aplicar a metodologia que tem mais sentido com o seu negócio, de um jeito simples e automatizado.

Por meio de um ERP, a sua empresa consegue um alto nível de integração entre as áreas. Ou seja, não só verificar como está a parte de produção, mas também consultar dados de vendas e como está toda a parte comercial da sua empresa, inclusive, a satisfação dos clientes.

Além disso, também é possível consultar dados históricos do seu negócio e preparar seus recursos e capacidade produtiva para cada período, ou seja, realizar um controle de estoque e o gerenciamento de toda a demanda para uma melhor tomada de decisões.

Portanto, é fundamental que realizar o cálculo da capacidade produtiva da sua empresa invista em um sistema de gestão, afinal, o ERP consegue tornar a rotina estratégica mais simples e fornecer dados precisos do seu segmento.

Quer contar com a melhor solução de ERP para indústria? Fale agora mesmo com a ABC71 e solicite um orçamento personalizado para o seu negócio.

Comentários

Tags Relacionadas capacidade produtivaerplinha de produçãosistema de gestão
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se