Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Relatório Contábil: Por que toda indústria deve realizar?

29 de abril de 2021
ERP
relatório-contábil

O relatório contábil é uma ferramenta que auxilia a empresa a realizar uma gestão financeira de qualidade, pois reúne em um mesmo documento todas as informações contábeis e patrimoniais da sua empresa.

Essas informações são colhidas pela contabilidade e trazem dados técnicos como valores de custo, despesas, impostos devidos e pagos, entre outros números importantes para fechar a conta do seu negócio.

Pelo seu grau de complexidade, é fundamental que esse relatório seja feito a cada mês, trimestre ou até anualmente, variando de acordo com a necessidade da sua indústria. A partir desses números, é possível realizar um análise financeira mais de perto da empresa e auxiliar os gestores na tomada de decisões.

Com a pandemia originada da Covid-19, iniciada em 2020, o uso do relatório contábil passou a ser mais que obrigatório para as empresas, principalmente para elas entenderem o momento que elas estavam passando, afinal, ele traz um panorama completo sobre a saúde financeira da empresa (ou a falta dela) e dão um maior direcionamento para os gestores.

Vantagens de fazer o relatório contábil

Ter em mãos a situação verdadeira do seu negócio, com todos os valores bem descritos, é uma boa prática que as empresas de pequeno, médio e grande porte devem fazer. O uso do relatório contábil traz esse demonstrativo, mas uma série de ações devem ser seguidas a partir das informações que o documento registra:

  • Identificar e criar um cronograma de pagamento dos principais tributos do ano;
  • Conseguir enxergar com clareza o momento de investir em inovações para o seu negócio;
  • Identificar o momento para melhorar um produto ou serviço;
  • Fazer análise de cortes de gastos que podem (e devem) ser feitas;
  • Calcular com eficiência o lucro a longo prazo;
  • Reduzir gargalos operacionais que podem estar gerando gastos desnecessários;
  • Ajuda na melhor tomada de decisões.

Criar estratégias eficientes só é possível quando se tem um panorama mais geral das informações da sua empresa. Ao realizar o relatório contábil, é importante contar com dados reais e atualizados para conseguir identificar fragilidades e oportunidades.

Tipos de relatório contábil

Existem dois principais tipos de relatório contábil: os obrigatórios e os não obrigatórios. A seguir, entenda cada um deles:

Relatório contábil obrigatório

Esse é um tipo de balanço exigido por lei e que deve ser enviado para os órgãos estaduais e federais responsáveis para mostrar que a sua empresa está em dia com as obrigações fiscais.

Nele, devem constar os seguintes documentos:

  • Balanço patrimonial;
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA);
  • Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR);
  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Relatório contábil não obrigatório

Nesse caso, esse documento não é exigido por nenhum órgão público, porém, são eles que vão ajudar os gestores na tomada de decisões. A partir dos números coletados, uma empresa pode identificar  ações que devem ser tomadas para a saúde financeira do negócio, ou mesmo enxergar uma oportunidade para investir.

A partir disso, uma empresa pode conseguir mostrar a transparência de seus números e a real situação financeira para solicitar empréstimos de credoras.

É importante constar nesse modelo informações sobre gastos, lucro, despesas previstas e até mesmo a receita em um período próximo.

Quem deve fazer o relatório contábil?

Por se tratar de um relatório robusto e com informações delicadas, o ideal é que ele seja feito por profissionais especializados – internos ou externos – por isso, é fundamental contar com a equipe de contabilidade que cuida da gestão financeira da sua empresa.

Lucros, despesas, ativos, passivos, são algumas das informações contábeis que o relatório deve abrigar.

E é bom ter em mente: qualquer erro pode ser bastante prejudicial, pois não passará o panorama real da empresa e pode causar prejuízos no futuro.

A ABC71 desenvolveu um material exclusivo sobre “Como se preparar para a contabilidade do futuro?”. Faça o download agora mesmo!

Como um software de gestão pode ajudar a criar o relatório contábil?

A tecnologia é uma verdadeira facilitadora quando o assunto é documentos fiscais. Com ela é possível contar com dados de maneira mais ágil, com gráficos intuitivos e de quebra reduz a possibilidade de erros – dificilmente você não terá disponível uma informação a poucos cliques de distância.

Fazer o relatório contábil sem a ajuda de um software de gestão integrada, como o ERP, é quase impossível. A partir dessa ferramenta, é possível contar com informações integradas de diversas áreas, do administrativo ao RH e passando pelo setor contábil.

A partir de um dashboard intuitivo, com informações atualizadas em tempo real, você será capaz de coletar todas as informações importantes, inclusive para criar o balanço patrimonial.  Informações tributárias também podem constar no ERP, o que facilita na hora de fazer o relatório contábil obrigatório, com todas as informações importantes da sua empresa.

Além do mais, o ERP pode ainda automatizar a captação de dados e mostrar um panorama do fluxo de caixa, mas para isso é fundamental que os colaboradores sempre realizem a computação das informações.

Gostou de saber como o ERP pode ser eficiente para cumprir com as suas obrigações fiscais e mesmo para apoiar a sua gestão financeira? Saiba que a ABC71 tem a solução personalizada para o seu negócio. Para saber mais, entre em contato agora mesmo e solicite um orçamento!

Comentários

Tags Relacionadas contabilidadeContabilidade Financeiragestão financeiraMercado ERPrelatorios financeiros
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se