Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Gestão de Estoque Industrial: Como garantir a eficiência desse sistema?

17 de dezembro de 2020
ERP, Gestão
gestão-de-estoque-industrial

A gestão de estoque industrial é um processo que engloba desde a definição do tipo de metodologia de controle de estocagem até a aquisição de um sistema que monitora a entrada e saída de materiais.

O gerenciamento de estoque tem como objetivo alcançar o equilíbrio entre compras, armazenamento e entregas. Existem diferentes metodologias – já aplicadas hoje por indústrias do mundo inteiro – que facilitam essa organização. A seguir, iremos conhecer duas delas: o estoque mínimo e o estoque máximo.

Estoque mínimo x estoque máximo

O estoque mínimo e máximo partem de ideias opostas ao mesmo tempo que são complementares. O primeiro trata-se do menor valor possível de material armazenado para evitar falta de produtos em estoque. Já o segundo se refere ao limite de unidades necessárias para evitar desperdícios.

A fórmula do estoque mínimo é:

  • Estoque mínimo = consumo médio diário x tempo de reposição

E a de estoque máximo:

  • Estoque máximo= estoque mínimo + lote de reposição.

Ambas as metodologias são exemplos de gestão de estoque industrial. Caso queira saber mais sobre elas, acesse o nosso conteúdo exclusivo sobre o assunto. A seguir, confira como fazer esse gerenciamento de maneira eficaz e funcional para o seu negócio.

Como fazer a gestão de estoque industrial?

Para fazer a gestão de estoque industrial é necessário que exista clareza em relação aos processos da empresa e uma integração de informações de diversas áreas. Além disso, estudar o comportamento de compra do consumidor do seu produto também é fundamental para criar um planejamento de estocagem.

Para criar esse detalhamento, empresas precisam contar com um sistema de gestão integrado – como é o caso de um ERP – que integre e disponibilize dados importantes de diferentes áreas para o acesso dos colaboradores.

Essa análise irá permitir identificar uma série de informações importantes para a conciliação de dados de maneira micro. Sendo assim, você poderá escolher uma gestão de estoque industrial de acordo com o produto.

A principal integração que deve ser feita é entre as áreas de vendas e logística. Outros departamentos, como marketing e produtos, também podem utilizar das informações do sistema para divulgação e promoção de produtos, uma vez que nenhum consumidor quer comprar um produto e não recebê-lo por falta de estoque.

E o que acontece quando não é feita a gestão de estoque industrial?

Deixar de lado o gerenciamento de estoque é uma escolha arriscada para seu negócio. Alguns dos problemas mais comuns são:

  • Perda de matéria-prima por estrago;
  • Menor domínio do fluxo de caixa;
  • Falta de controle em relação às entradas e saídas de produto;
  • Dificuldade em organizar Nota Fiscal e outros tributos;
  • Furtos;
  • Falta de material – perda de receita por falta de vendas;
  • Acúmulo de espaço ocupado.

Portanto, é fundamental realizar uma gestão de estoque industrial para evitar os possíveis problemas listados acima.

Como fazer a gestão de estoque em um sistema de gestão integrado?

Primeiramente, é necessário encontrar uma empresa que ofereça um SGI de qualidade. Isto facilita toda a integração e capacitação do time para que a ferramenta seja eficaz e solucione as principais necessidades de cada segmento.

Alguns pontos devem ser priorizados para criar uma gestão de estoque industrial:

Organização

Armazenar de maneira fácil e objetiva os produtos é primordial. Além de ajudar os colaboradores a encontrarem um determinado material com rapidez, você conseguirá classificar os itens de maneira mais simples dentro do sistema de gestão.

Movimentação de produtos

É importante registrar toda entrada e saída de produtos no sistema para a gestão de estoque industrial. Dessa maneira, desvios de produto ou desperdícios no processo de armazenamento podem ser evitados.

Capacitação da equipe

Não basta apenas incluir um sistema sofisticado para o seu negócio. Duas coisas precisam ser feitas antes: primeiramente, é preciso definir qual é o melhor sistema de gestão para o seu negócio.

Feito isso, a empresa também deverá treinar seus colaboradores para que eles tenham conhecimento, por exemplo, em como dar baixa em atividades na ferramenta e verificar as situações de outras áreas.

Acompanhar os indicadores de desempenho

Relatórios são gerados automaticamente para que o gestor seja capaz de identificar melhorias ou problemas nos processos. Dentre os principais KPI’s, podemos destacar:

  • Consumo médio x tempo de reposição x estoque mínimo;
  • Total de vendas / média de estoque;
  • Itens corretos / itens indicados no sistema.

Qual ERP utilizar para fazer a gestão de estoque industrial?

O ERP é um software de gestão integrado capaz de relacionar os principais processos de uma empresa. Ele reúne informações de todas as áreas administrativas e operacionais, como fluxo de caixa, recebimento de pagamentos e armazenamento de documentos fiscais.

O SGI é recomendado para empresas que possuem um alto fluxo de informações e processos diários.

Ficou interessado nas soluções que um sistema de gestão para indústria pode oferecer? Entre em contato com um de nossos consultores para pensarmos juntos a melhor solução para o seu fluxo de trabalho!

Comentários

Tags Relacionadas controle da produção e de estoqueerpGestão de estoqueGestão de IndústriasSistemas de Gestão
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se