Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Quais serão as aptidões dos profissionais da indústria 4.0?

5 de novembro de 2020
ERP, Mercado
Profissional Indústria 4.0

Épocas de crise são momentos em que devemos aproveitar para desenvolver novas técnicas e reinventar as práticas tradicionais. A atual crise causada pelo coronavírus reforçou ainda mais essa tese, algo que os profissionais da indústria 4.0 também devem focar, principalmente para o desenvolvimento constante.

Dessa forma, é preciso estar atento além da transformação digital evidenciada neste período, mas também ao conjunto de soft skills. Em um ponto estão essas habilidades voltadas para a inteligência emocional, ou seja, como o profissional faz algo.

Já no outro extremo estão as próprias hard skills, que definem o que a pessoa faz em uma atividade. Sendo assim, o profissional da indústria 4.0 é aquele que domina tanto a parte operacional, quanto o aspecto socioemocional do seu trabalho. 

O profissional completo na indústria 4.0

Ainda que os conceitos de soft e hard skills não sejam tão comuns, seus impactos no dia a dia dos processos de produção, sem dúvida, são muito visíveis. Em um ambiente onde colaboradores com perfis diferentes interagem, certas habilidades ganham destaque.

O profissional que trabalha com sistema de gestão e gerenciamento de pessoas consegue identificar aqueles que são excelentes em tarefas técnicas. Também é possível avaliar os que apresentam mais desenvoltura nas relações interpessoais.

Desse modo, é fundamental reconhecer o potencial de cada um e ir cada vez mais além. Afinal, é comum ter mais facilidade com as funções operacionais ou com seus relacionamentos. Um profissional completo integra essas polaridades para ser ainda mais eficiente nessa indústria. 

Assim, o conceito 4.0 ultrapassa a ideia de processos de produção, trazendo automação e inovação nas técnicas utilizadas. Os cargos também estão nessa evolução em crescimento ao lado da inteligência artificial (AI). Assim, o foco está no capital humano que se desenvolve junto às novas tecnologias. 

5 aptidões essenciais dos colaboradores da indústria 4.0

A união de engenhosidade, comunicação e agilidade são pilares fundamentais na indústria 4.0. Diante dessa base, há uma ramificação para aptidões primordiais nesse novo profissional e, tanto as hard quanto as soft skills, integram o perfil desejado. Por isso, é preciso conhecer e aplicar essas habilidades:

1. Autogestão

Com corporações cada vez mais automatizadas e conectadas, muitas funções não necessitam mais da presença de um funcionário. Por isso, há uma tendência para o trabalho remoto, oferecendo mais liberdade e dinamismo.

Contudo, é fundamental ter disciplina. A capacidade de autogestão, produtividade e controle de tempo, tanto atuando em home office, quanto fisicamente fazem parte das novas soft skill procuradas pelos contratantes.

2. Inteligência emocional

A inteligência emocional é uma aptidão crucial em momentos de pressão. Pessoas que apresentam empatia, autocontrole, assertividade e autoconhecimento ganham cada vez mais espaço.

Em uma equipe multidisciplinar é imprescindível conviver em harmonia com pessoas diversas. O profissional com essa habilidade consegue deixar o ambiente de trabalho mais leve e agradável para todos os funcionários de sua equipe.

3. Flexibilidade

Apresentar flexibilidade e lidar com demandas que envolvam matemática, robótica, tecnologia, empreendedorismo, entre outros evidencia o algo a mais desejado no profissional da indústria 4.0.

Sendo assim, é necessário explicar que o funcionário não precisa dominar todos esses conhecimentos, mas ter disposição para conhecer o básico de cada um, mostrar esse interesse e ser flexível no ambiente de trabalho.

4. Criatividade

Ainda que uma função pareça mais mecanizada, sempre é preciso desenvolver a criatividade. Essa aptidão é intrinsecamente humana, por isso mesmo o robô mais moderno não consegue copiar essa habilidade na elaboração de produtos e serviços. 

Dessa maneira, isso facilita na resolução de dificuldades rotineiras e agiliza decisões estratégicas. Um colaborador criativo consegue ter visão de longo alcance e essa predisposição é capaz de revolucionar um modelo de negócios, além de tornar o trabalho cotidiano mais prático e divertido.

5. Capacidade técnica

Por fim, não poderia faltar a capacidade para realização de um trabalho, habilidade essa que entra no quesito das hard skills, que também são primordiais no profissional da indústria 4.0. Logo, seria inútil ter uma pessoa com excelentes aptidões sociais e emocionais, mas que não sabe como executar suas tarefas com destreza.

É bem verdade que essa habilidade pode ser desenvolvida e aperfeiçoada durante os anos de atuação, mas é fundamental que esse colaborador já apresente boa formação na área, além de ter agilidade e eficiência na execução das suas funções.

Com isso, é possível notar a importância das habilidades do profissional da indústria 4.0. No entanto, vivenciar e aplicar cada uma no dia a dia é ainda mais fundamental. Dessa forma, aprofunde esse assunto conhecendo como fica a linha de produção na nova indústria.

A ABC71 é uma empresa que poderá te auxiliar em toda essa transformação e identificar as necessidades do seu segmento. Entre em contato com um de nossos consultores para encontrar a solução perfeita para o seu negócio!

Comentários

Tags Relacionadas Gestãoindústria 4.0indústriasMercado ERPprodutividade equipe
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se