Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

4 gaps que somente um sistema ERP focado em indústria pode preencher

14 de abril de 2020
ERP
4 gaps que somente um sistema ERP focado em indústria pode preencher

Estamos passando por um momento na história onde todas as informações que sempre tivemos sobre como a indústria funciona, metodologias e melhores práticas, alocação de recursos humanos e até mesmo o uso do sistema ERP estão mudando.

A adaptação da indústria vai muito além dos produtos e serviços, tornando necessária a implantação de novos processos de produção e gestão. Quem diria que seríamos obrigados a nos adaptar ao Home Office por conta de um vírus em pleno 2020?

É por fazer parte desse momento histórico que devemos olhar para trás e observar os nossos erros e acertos, enquanto seres humanos e profissionais, para evoluirmos tanto na sociedade quanto no ambiente corporativo. À vista disso, criar novos modelos de trabalho onde a indústria produza mais e depende menos de esforços manuais.

Estamos vivendo a indústria 4.0?

Certamente o avanço tecnológico tem sido cada vez mais veloz! Mas o nosso raciocínio também tem se habituado às regalias tecnológicas que tanto facilitaram as nossas vidas a ponto dos smartphones estarem ao nosso lado na hora de dormir e acordar.

Falando em smartphone, temos aqui, em menos de 3 décadas, um aumento extraordinário da capacidade de processamento dos hardwares. O aparelho que cabe hoje no seu bolso, tem a potência que 20 computadores dos anos 90 não dariam conta de processar.

Quando falamos em indústria 4.0 o que temos é: um cenário que ainda está se construindo e está de portas abertas para receber todas as empresas interessadas em otimizar os seus processos, entender melhor o mercado e DIGITALIZAR suas operações.

O que podemos fazer hoje?

O trajeto que devemos percorrer para iniciar a adaptação da sua indústria é, na verdade, uma atitude: a busca pela melhoria contínua dos processos, bem como a otimização dos componentes que fazem a sua indústria funcionar.

Tendo isto em vista, cabe a pergunta: o sistema de gestão empresarial que a sua indústria usa, é apropriado para a sua planta?

O ERP deve funcionar de acordo com a empresa na qual ele está inserido, nunca o contrário, afinal, cada empresa funciona de forma única e é isso que a torna um diferencial competitivo no mercado.

Portanto, para que um sistema de gestão seja considerado útil para a sua empresa, ele deve atender às suas necessidades nos mínimos detalhes, do contrário, gaps inesperados surgem e dão abertura para prejuízos provenientes de diferentes pontos cegos da empresa.

Aqui no Blog do ERP, sempre abordamos essa importância e por isso elencamos hoje 4 lacunas que somente um sistema feito para indústrias pode ajudar a sua planta a preencher!

4 Gaps evitados por um sistema ERP feito para a indústria

  • Falhas de gestão de engenharia e produção

Alguns componentes são essenciais para gerenciar a engenharia de produção, e um sistema ERP focado em indústrias apresenta algumas funcionalidades que farão total diferença no seu processo administrativo, tais como:

  • Gestão das receitas e fórmulas dos produtos fabricados;
  • EDI com montadoras e hipermercados;
  • Controle, análise e simulação dos custos de produção;
  • Gerenciamento de remessa para industrialização;
  • Gerenciamento de beneficiamento externo;
  • Controle de mudanças de engenharia.

Sem a gestão desses componentes por meio de um software ERP, pode ser que a sua indústria esteja enfrentando alguns problemas na produção que poderiam ser facilmente evitados.

  • Controle de qualidade ineficiente

A padronização da produção é de extrema importância para a indústria, e órgãos como o INMETRO e a ANVISA estão em constante auditoria, em todos os segmentos industriais, para garantir e cobrar a qualidade de produtos e serviços.

Um sistema ERP é uma ferramenta poderosa para o controle de qualidade e algumas funções de gestão podem ajudar muito a sua planta:

  • Certificado e homologação de fornecedores;
  • Controle de qualidade das matérias-primas;
  • Controle de qualidade de produtos fabricados;
  • Garantia de SLA com clientes;
  • Adequação à ISO TS 16949;
  • Controle de auditorias internas e externas.

A lista acima aponta funções que costumam fazer parte da rotina de uma indústria, e somente um sistema integrado focado nesse escopo atenderia a esses critérios.

  • Irregularidades fiscais e legislativas

Um sistema ERP organiza e automatiza a maior parte dos processos fiscais e financeiros da empresa. É imprescindível para a indústria ter controle sobre todos os trâmites legais e fiscais, bem como ter fácil acesso a eles.

Nesse departamento, é importante que o seu sistema de gestão tenha algumas funções de acesso e edição, como:

  • Controle de materiais perigosos;
  • Gestão das licenças da Polícia Federal, Polícia Civil, Exército e Ibama;
  • SPED contábil e ECF – Escrituração contábil Fiscal;
  • SPED fiscal com bloco K e SPED Contribuições (PIS/COFINS);
  • SPED REINF.

As questões fiscais e legislativas estão em constante atualização e, por esse motivo, atualizamos constantemente os nossos leitores sobre o assunto. Aproveite para conferir as novas exigências do SPED 2020!

  • Falta de controle de estoque e compras

Quando falamos em controle de estoque, entradas e saídas de matéria-prima e lotes de produção, bem como das compras envolvidas nesse setor, o acesso à informação em tempo real é obrigatório.

É essencial que o seu sistema tenha informações e funções de:

  • Rastreabilidade por lotes e séries;
  • Gestão dos níveis de estoque;
  • Gestão dos prazos de validade;
  • Controle de múltiplos almoxarifados;
  • Gestão da sazonalidade;
  • Alçadas de aprovação para compras.

A sua indústria precisa mudar de sistema ERP?

Ao longo desse artigo, falamos sobre o quanto é necessário que a indústria esteja em constante adaptação para atender às novas demandas do mercado e muito além disso, descobrir a sua real capacidade produtiva.

Tendo em vista que o sistema de gestão é uma das primeiras peças a mudar na engrenagem da sua planta para que esta funcione com mais eficácia, consideramos que a mudança do seu ERP seja SIM uma necessidade para a sua indústria.

Tomadas de decisões como essa não devem ocorrer da noite para o dia, mas é importante que a empresa comece a analisar todos os possíveis gaps encontrados na produção para mensurar o real impacto que a mudança para um novo sistema ERP pode trazer.

A ABC71 desenvolveu o primeiro sistema de gestão focado em indústrias, compreende os desafios do setor e por isso, está preparada para desenvolver soluções verdadeiramente aderentes às necessidades da gestão industrial. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos ajudar a sua planta a otimizar os seus processos.

Comentários

Tags Relacionadas ERP industrialGAPSgestão industrialsistema ERP
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se