Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Problemas comuns no SPED Fiscal

22 de agosto de 2017
Gestão
sped fiscal

O SPED Fiscal, ou EFD (Escrituração Fiscal Digital) é uma das obrigações do SPED mensal, que inclui os registros de entradas, saídas, inventário, apuração de IPI e ICMS, livro CIAP e Bloco K. Considerando toda a complexidade dessas informações e o cruzamento feito pelo fisco no momento da fiscalização, listamos os problemas mais comuns que acontecem com essa obrigação fiscal para que você evite erros ao máximo.

Problema na totalização das NF-e

A incoerência entre os valores declarados nas NF-e e no SPED Fiscal é um dos problemas mais comuns, que pode acontecer por uma variedade de razões.

Uma simples desatenção dos colaboradores que gere erros na alimentação do sistema em relação à quantidade, valores unitários e de frete pode ser a causa do problema. Nesse caso, é importante salientar a importância da integridade desses dados aos seus colaboradores, e estar sempre atento a como essas informações estão sendo manuseadas.

Além disso, uma razão frequente para esse problema é a parametrização incorreta do software de gestão usada para a apuração dos dados. Esteja sempre atento ao modo como seu ERP trabalha, e em caso de problemas, reveja o sistema usado pela sua empresa.

Sequencia incorreta nos documentos  

Para uma empresa que emite centenas de NF-e por dia, é compreensível que no momento da entrega do SPED Fiscal erros na sequência das notas fiscais aconteçam, principalmente considerando as NF-e que foram canceladas.

Um sistema de automação, como um software ERP capacitado e sem erros de parametrização pode evitar esse tipo de sequência incorreta, já que verificar nota por nota manualmente é inviável improdutivo.

NCM e alíquota desatualizadas

Não é incomum que a NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) sofra mudanças legais relacionadas aos valores das alíquotas. A falta de atualização quanto a essas mudanças pode causar erros acidentais, mas que podem ser interpretados pelo fisco como evasão fiscal.

Incoerência entre código de origem e CFOP/Alíquota

Com a inclusão do código de origem ao CST (Código de Situação Tributária) do ICMS, a atenção a esse número deve ser redobrada, principalmente por afetar também o cálculo da FCI (Ficha de Conteúdo de Exportação).

Essas incoerências podem, além de atrapalhar a apuração do FCI, afetar operações futuras.

SPED Fiscal sem problemas 

Como notamos, um bom sistema de gestão pode evitar erros e problemas.

Para que sua prestação seja cada vez mais precisa, preparamos também o ebook “SPED: Seu guia para evitar erros” que conta com informações atualizadas sobre os métodos de fiscalização, erros mais comuns e pontos de atenção do SPED, para que você garanta uma prestação precisa e sem dores de cabeça.

 

Conheça nosso material e garanta precisão total no SPED.

Botao_CTA_1

Comentários

Tags Relacionadas efdGestãoSPEDsped fiscal
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se