Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Melhore sua gestão de recursos: Menos gastos e mais investimentos

13 de junho de 2017
Gestão
Gestão de Recursos

Não é novidade que a qualidade do seu planejamento financeiro pode ter grande impacto no sucesso da sua empresa. Entretanto, é importante lembrar que uma gestão de recursos completa vai além do escopo monetário: tempo, colaboradores e materiais podem (e devem) fazer parte da sua estratégia.

 

Gestão de recursos além do planejamento financeiro

Muitos tratam a gestão de recursos como algo estritamente relacionado ao controle de gastos. Apesar de inegavelmente importantes, esses elementos são só uma parte da sua estratégia

Colaboradores também devem fazer parte do seu planejamento e da sua análise.

Por mais qualificado que um colaborador seja, ele não apresentará resultados satisfatórios se não for bem posicionado e orientado. Lembre-se: Os colaboradores são um dos seus maiores recursos.

Entenda quais são suas melhores habilidades e qual seu modus-operandi para cada atividade, orientando e procurando maneiras adequadas de melhorar seu rendimento.

Nesse quesito da gestão de recursos também entra o tempo: outro recurso que pode fazer a diferença entre uma operação bem-sucedida e um fracasso.

Tenha sempre um registro atualizado de quanto tempo demora cada atividade e processo. Defina suas prioridades, e o tempo que deve ser dedicado a elas.

 

Prevenção também faz parte do planejamento

Grande parte da gestão de recursos está relacionada a prevenção de problemas. Aprenda a pensar em todas as hipóteses possíveis: a perda de um cliente, a demissão de um colaborador, a falta de um material – ou seja, tenha recursos para lidar com qualquer situação.

Imprevistos podem até afetar você, mas em nenhuma hipótese podem afetar seus clientes. Gestão de recursos também envolve contenção de prejuízos.

 

Precisão e controle de gastos

Apesar de não ser o único elemento da gestão de recursos, o planejamento financeiro não deixa de ser parte imprescindível dessa atividade.

Existem algumas atitudes que devem ser continuamente promovidas dentre as várias operações diárias de uma empresa envolvendo gasto e gestão de recursos.

A primeira é ter controle total da origem da movimentação e dos gastos. Informações precisas são a chave de um controle adequado. Atrelado a isso devem estar os registros adequados dos gastos. Um sistema de gestão integrado, por exemplo, pode ajudar muito nesse momento.

Para a gestão de recursos financeiros não basta só identificar o capital que está sendo usado – é necessário que se saiba como, quando e onde ele está sendo gasto. Só assim é possível entender e analisar o que deve, ou não, continuar fazendo parte da rotina de gastos.

Essa é justamente a terceira atividade importante: Analisar constantemente a relevância de cada gasto, levando em conta não só fatores internos, mas também as flutuações do mercado. Gastos e investimentos vantajosos hoje podem não ser mais tão relevantes no mês que vem.

 

Quer entender melhor como gerir recursos e processos da sua empresa? Conheça nosso Guia de Gestão para Micro e Pequenas Empresas:

 

botao_link_artigos

Comentários

Tags Relacionadas gestão de recursosGestão empresarialGuia de Gestão para Micro e Pequenas Empresasinvestimentorecursos
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se