Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

6 Indicadores de produtividade que você deve acompanhar

27 de março de 2019
Gestão
6 Indicadores de Produtividade que você deve acompanhar na sua indústria

Como você mensura e acompanha a produtividade de seus colaboradores hoje? Quais informações direcionam suas decisões e ações de melhoria? Entenda a importância de uma gestão fundamentada em informações no cenário industrial, e conheça os principais indicadores de produtividade que podem te ajudar a avaliar e potencializar o trabalho da sua equipe!

O que são os indicadores de produtividade?

Os indicadores de produtividade são um exemplo de KPI (Key Performance Indicator, ou Indicador-chave de Desempenho), e buscam medir a eficiência de equipes, processos e equipamentos, bem como a utilização de recursos na produção e na prestação de serviços.

Essenciais para as indústrias, os indicadores de produtividade ajudam o gestor a identificar os problemas e as possibilidades de melhorias em todo o sistema produtivo. A análise dessas métricas pode ser estabelecida conforme subprocessos ou plantas inteiras, e deve sempre comparar o que foi produzido com o número de pedidos, a capacidade produtiva e o nível de aproveitamento do tempo e dos recursos.

Indicadores de produtividade nas indústrias

Com tantos processos, equipamentos e fluxos de informações, controlar as metas e os resultados é um desafio para muitas indústrias. A gestão por indicadores vem justamente para contribuir com um acompanhamento assertivo e o monitoramento das prioridades desse setor. No caso da produção, existem diferentes métricas que podem te ajudar a entender as falhas e os acertos da sua indústria, como o tempo de produção de cada produto, o tempo de inatividade e ociosidade da sua equipe e de seus equipamentos, o tempo gasto com reparos e retrabalhos, ou o nível de utilização da capacidade instalada, por exemplo.

Agora, o segredo é não resumir os seus indicadores de produtividade a informações quantitativas. Afinal, o sucesso da sua produção e a satisfação de seus clientes dependem do equilíbrio entre quantidade e qualidade, concorda?

Pensando nisso, nós separamos 6 exemplos de KPIs que podem não só te ajudar a monitorar e otimizar o seu ciclo produtivo, como também a reduzir custos, potencializar a lucratividade, a imagem e as estratégias da sua indústria! Confira:

1.Indicadores de capacidade

Esse indicador tem o objetivo de medir a quantidade produzida em um determinado intervalo de tempo, comparada às metas e à real capacidade de produção da indústria nesse mesmo período.

Esse acompanhamento é fundamental para você entender se está prometendo entregas que não pode cumprir, ou se algum departamento está sobrecarregado, garantindo informações concretas para decidir quando é necessário ou não contratar novos profissionais ou adquirir novos recursos, por exemplo.

2.Indicadores estratégicos

Como você sabe que suas metas e seus objetivos estão, ou não, sendo alcançados? Esse é o propósito dos indicadores estratégicos, direcionando medidas preventivas e corretivas para a produtividade e lucratividade da sua indústria.

Eles são definidos conforme um período específico e com base nas prioridades da sua gestão. A variação na quantidade de vendas, por exemplo, pode ser um indicador estratégico da alta ou queda do seu mercado e da necessidade de inovação, lançamento de um novo produto, ou ainda da melhora na qualidade de suas entregas.

3.Indicadores de lucratividade

Esse indicador é essencial para a sobrevivência e o crescimento de qualquer negócio, certo? Avaliando a eficiência operacional, essa informação permite que você adeque os custos, os recursos e o valor agregado de seus produtos conforme a realidade da sua indústria.

Além disso, os indicadores de lucratividade podem apontar também se vale ou não a pena manter os investimentos em um determinado projeto, serviço ou produto.

4.Indicadores de turnover

A rotatividade de seus colaboradores é alta? É preciso avaliar o quanto essas mudanças no time estão influenciando a sua produção!

Além de demonstrar possíveis problemas na liderança, no ambiente de trabalho, na capacitação e na satisfação de seus funcionários, indiretamente, a taxa de turnover na sua indústria também é um dos principais indicadores de produtividade. Afinal, se os seus colaboradores não permanecem em sua equipe tempo suficiente para finalizar os treinamentos e as adaptações, nem mesmo se familiarizarem com as tarefas e o ritmo do trabalho, é de se esperar que outros indicadores sejam prejudicados.

5.Indicadores de qualidade

Como dissemos anteriormente, a qualidade também deve ser sempre levada em conta em seus indicadores de produtividade. Entregas dentro do prazo e em conformidade com os padrões exigidos pelo cliente, reclamações, devoluções e retrabalhos são métricas que devem direcionar a sua produção e o atendimento de seus clientes!

Sem falar que, com esses números em mãos, você tem mais oportunidades de negociação, renovações e reajustes em seus contratos, por exemplo.

6.Indicador OEE

OEE (Overall Equipment Effectiveness, ou Efetividade Global do Equipamento) é um dos principais indicadores para avaliar a eficiência da sua indústria, considerando a disponibilidade, performance e qualidade de suas operações.

A partir desse índice, você pode mensurar a ociosidade de seus equipamentos, o tempo de seus processos e os retrabalhos gerados, garantindo um panorama completo de todo o funcionamento do seu negócio. Justamente por isso, esse é um dos indicadores de produtividade mais utilizados em indústrias de manufatura, especialmente as que seguem um sistema de produção enxuta.

Como colocar em prática a gestão por indicadores?

Se você está com dúvidas sobre como definir e acompanhar os melhores indicadores de produtividade para a sua indústria, nossa dica é: antes de tudo, estabeleça metas estratégicas e assertivas para a sua gestão! É preciso entender as prioridades e os objetivos do seu negócio, para então definir os números que merecem a sua atenção.

O benchmarking pode te ajudar, desde que aplicado em segmentos e sistemas produtivos similares ao da sua indústria. Além disso, investir na qualidade de suas informações e na integração de seus departamentos é indispensável para garantir dados atualizados e coerentes em seus indicadores!

Contar com um ERP também pode agilizar e simplificar todo o processo de definição e monitoramento de seus indicadores de produtividade. A partir da integração e atualização automática de suas informações, um sistema de gestão fornece tudo o que você precisa para tomar decisões mais assertivas.

Se quiser saber mais sobre a gestão por indicadores, e como um ERP pode otimizar o acompanhamento dos resultados a sua indústria, confira o dashboard interativo que desenvolvemos com base em cases reais!

Comentários

Tags Relacionadas Gestão por indicadoresindicadores
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se