Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

O que é Supply Chain e quais as suas vantagens para a indústria?

13 de maio de 2021
ERP
supply-chain

Fazer o mapeamento e a gestão da Supply Chain é uma das tarefas mais importantes que uma empresa precisa se atentar. Afinal, é por meio da análise de uma cadeia de suprimentos que é possível identificar possíveis gargalos, falhas operacionais e também oportunidades para o negócio crescer.

Também chamada de Supply Chain management (SCM), é fundamental que os processos mais importantes que um produto passa até chegar ao consumidor final estejam contidos no mapeamento para garantir total eficácia da sua supply.

A quarta revolução industrial trouxe maiores oportunidades para gerenciar uma cadeia de suprimentos de maneira mais ágil e segura. As inovações no setor estão, cada vez mais, sendo expandidas, e contar com soluções digitais e sistemas de gestão já são realidades para esse desafio.

Esse fenômeno da tecnologia imergindo na cadeia de suprimentos é o que ficou conhecido como Supply Chain 4.0, uma verdadeira evolução no jeito de se produzir e se comunicar com seus fornecedores. 

Mas afinal, o que é e para que serve uma Supply Chain? Qual a sua importância para o negócio? Que tipo de oportunidade é possível identificar através da análise de uma cadeia de suprimentos?

O que é Supply Chain?

A Supply Chain é uma cadeia completa que mapeia os processos mais importantes que um produto passa até chegar ao consumidor final – da matéria prima, passando pela logística até a satisfação do cliente. 

A partir do desenho da cadeia de suprimentos, é possível entender todo fluxo operacional e isso agrega uma série de vantagens. Conheça a seguir alguns dos benefícios de uma boa supply:

  • Identificar e evitar possíveis gargalos em toda a cadeia;
  • Conseguir previamente verificar matérias primas que vão atrasar a entrega;
  • Otimizar operações internas como gestão de estoque;
  • Maior poder de negociação com fornecedores.

Uma das principais funções da Supply Chain é, portanto, identificar oportunidades e estruturar um processo estratégico para gerir as demandas do mercado. Com isso, a empresa consegue uma melhor organização e isso se reflete em entregas dentro do prazo e rotinas de trabalho mais tranquilas para o time interno.

Adotar uma estratégia de gestão da sua Supply também ajuda na criação de indicadores de produtividade. Com eles, você será capaz de identificar uma série de oportunidades para melhorar a gestão de tempo da sua equipe. E lembre-se: produzir mais em menos tempo também é uma maneira de lucrar e aumentar a receita do seu negócio!

Qual a diferença entre Supply Chain e Logística?

É muito comum ao discutir sobre o papel de uma cadeia de suprimentos confundir o conceito com o de logística.

A logística é um dos vários processos que compõem a Supply Chain management. Para deixar mais específico, trata-se da etapa do recebimento da matéria prima e da entrega do produto pronto para o distribuidor.

Já a Supply Chain é algo mais amplo: corresponde a toda a cadeia do produto, inclusive a logística, mas também o que antecede esse momento, como a colheita da matéria prima; e também o momento posterior ao da logística, como a chegada do produto às prateleiras ou até mesmo na casa do consumidor.

Portanto, fica claro que a logística tem uma preocupação maior com tudo o que influencia de alguma maneira na entrega, controle de estoque, gestão do armazém e distribuição do produto final, enquanto a Supply mapeia esse e tantos outros processos que antecedem e que são posteriores ao da logística.

Por que é importante fazer a gestão da Supply Chain?

Ao fazer uma boa gestão da cadeia de suprimentos, é possível conseguir uma série de vantagens, tanto na rotina interna do seu time, como um potencial maior de negociação com seus fornecedores. O objetivo principal da Supply é oferecer o melhor produto para o cliente final, tanto em relação a qualidade, preço e entrega.

A seguir, separamos os principais ganhos ao se fazer a SCM:

Cliente no centro

Focar parte da operação em uma cadeia de suprimentos é também investir mais no seu cliente final. Afinal, a Supply Chain tem como resultado a melhora dos processos e da qualidade do produto, o que resulta em uma melhor experiência para o usuário.

De maneira prática, é possível analisarmos da seguinte maneira: imagine que um cliente compra um produto no seu site, e só depois você percebe que não tem o produto em estoque. Isso gera uma insatisfação imensa e obriga também ao reembolso do dinheiro. Com a gestão da Supply, esse cenário é mais difícil de acontecer, pois todas as partes estão por dentro caso haja algum imprevisto.

Aumento da produtividade

Problemas com demandas que chegam do nada para sua empresa, equipes que procrastinam e outros problemas que podem comprometer o bom fluxo de trabalho são quase que extintas com a SCM.

Isso porque faz parte da gestão da cadeia quebrar travas operacionais que impactam diretamente na produtividade do time.

Aumento de receita

Com o aumento da produtividade, aliado a uma melhor experiência para o cliente, já que pode ele voltar a comprar, somado a economia de recursos e um poder maior de negociação com seus fornecedores, é possível aumentar e muito a receita com a Supply Chain.

Como a tecnologia pode ajudar na Supply Chain Management?

É praticamente impossível fazer uma boa gestão da cadeia de suprimentos sem o uso da tecnologia. Afinal, não se trata de um simples fluxo de operação que pode ser mapeado em uma planilha dinâmica, é uma inteligência muito mais complexa e que precisa ter dados em tempo real.

Desde que a tecnologia entrou em cena, ficou muito mais fácil gerenciar uma Supply. Uma das tecnologias mais utilizadas para isso é o Sistema de Gestão Integrada (ERP).

Com um ERP é possível mapear todos os processos e ter o status de cada uma das etapas da Supply Chain em pouco tempo. Além disso, a tecnologia do ERP também permite o acompanhamento em tempo real, mesmo fora da sua empresa, com o cadastro dos fornecedores integrados à ferramenta.

Também é possível analisar dados históricos do seu negócio, identificar produtos que estão com uma tendência de crescimento e, dessa forma, fazer uma melhor negociação e gerenciamento do estoque.

Quer começar agora mesmo a investir em tecnologia para sua Supply Chain Management? A ABC71 é especialista em softwares de gestão para indústria e tem a solução certa para o seu negócio. Entre em contato e fale com um de nossos consultores para encontrar a melhor solução para sua empresa!

Comentários

Tags Relacionadas cadeia de suprimentosERP industrialERP para indústriassupply chain
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se