Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Fluxo de Caixa: Como garantir informações consistentes

27 de abril de 2018
ERP, Gestão
Fluxo de Caixa

Você provavelmente sabe o quanto a sua indústria lucra. Mas você realmente está por dentro de todas as entradas e saídas do seu caixa? Possui um histórico confiável e consegue fazer previsões assertivas? Se não, é importante repensar a importância do Fluxo de Caixa para a sua gestão!

O papel desse processo é justamente permitir ao gestor essa visão estratégica e detalhada dos momentos financeiros da empresa, otimizando o planejamento, as tomadas de decisão, negociações e, inclusive, a gestão de recursos e materiais.

Para isso, o Fluxo de Caixa deve considerar, entre outros fatores, as taxas de inadimplência dos clientes e a movimentação de recursos financeiros, além de possibilitar a simulação de cenários.

Agora, se você já se baseia no Fluxo de Caixa da sua indústria, como funciona esse processo? Utiliza planilhas com todas as informações e as atualiza periodicamente? Se sim, é importante repensar seus métodos de análise e gerenciamento!


Acompanhar todas as entradas e saídas de uma indústria em planilhas demanda muito tempo e atenção, o que faz com que muitas informações rapidamente se tornem desatualizadas. Isso sem falar no risco de perda de dados, com arquivos corrompidos ou deletados por engano, por exemplo.

Dessa forma, uma solução adotada por gestores de indústrias de diversos portes e segmentos é a contratação de um sistema de gestão (ERP). Entenda o porquê!

Como um sistema de gestão pode te ajudar com o Fluxo de Caixa?

Em primeiro lugar, os sistemas ERP permitem uma visão prática e independente dos saldos e dos movimentos financeiros realizados e previstos na sua indústria, funcionando como um “plano de contas financeiro”.

Com a possibilidade de automatizar a geração do seu Fluxo de Caixa, o sistema também é capaz de apurar as informações em tempo real. A partir disso, você consegue criar diferentes cenários, considerando, por exemplo, os títulos em aberto na área de Contas a Pagar e Contas a Receber, bem como os pedidos de compras e vendas.

Quer entender melhor tudo o que um sistema de gestão pode agregar ao seu Fluxo de Caixa? Converse com um de nossos consultores especialistas em indústrias! Enquanto isso, aproveite para baixar gratuitamente nosso eBook “Guia de Gestão para Indústrias” para conferir dicas exclusivas para esse e outros processos do seu gerenciamento!

Comentários

Tags Relacionadas erpFluxo de CaixaGestão de IndústriasGuia de Gestão para Indústrias
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se