Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

5 vantagens de utilizar o ERP no Compliance Fiscal

22 de julho de 2021
ERP, Gestão
Compliance Fiscal

O Brasil possui uma forte legislação tributária, e estar em dia com elas não é apenas recomendado, como também uma obrigação com a Receita Federal. A compliance fiscal se trata justamente desse processo de estar em conformidade com as normas fiscais.   

Apesar de serem processos muito burocráticos na maior parte do tempo, estar em compliance nos dias de hoje é mais simples do que antigamente. A tecnologia tem facilitado muito os processos de gestão dos documentos fiscais e também para fazer a organização das informações e ficar em dia. 

O resultado disso é um gasto menor e também um processo muito mais ágil para estar em compliance, o que para qualquer gestor é bastante vantajoso. 

A importância de contar com um software de gestão é ainda mais justificado quando analisamos o complexo sistema tributário brasileiro, que é considerado um dos mais robustos do mundo. Segundo o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), desde a promulgação da Constituição Federal em 1988, quase 6 milhões de normas foram editadas, dessas, 377.566 são tributárias, o que representa 6,7% do total. 

Estar em compliance fiscal é um desafio para muitos gestores, pois existe uma série de documentos que precisam estar em conformidade, não só para evitar o pagamento de multas, mas também para dar mais segurança jurídica e financeira para a empresa.

Neste conteúdo explicaremos tudo sobre compliance, como ficar em dia e o que a tecnologia pode fazer para tornar esse procedimento mais fácil para as empresas. Continue a leitura para entender. 

O que é compliance fiscal?

“Compliance” é um termo do inglês que significa “estar em conformidade”. Quando falamos sobre compliance fiscal nada mais é do que uma série de estratégias para se manter em dia com o sistema fiscal e tributário brasileiro. 

Estar em compliance é um forma de passar mais segurança para a operação e também para os clientes. Desde o começo dos anos 2000, uma crescente onda de consumidores mais rigorosos surgem e passam a exigir mais transparência e ética das empresas que consomem. Essa percepção foi feita em um estudo da FECAP “A importância do Compliance para o Departamento Fiscal das Empresas de Contabilidade”. 

Em 2013, foi criada a lei nº 12.846 – regulamentada em 2015 – chamada de Lei Anticorrupção. Esse foi um pontapé importante para o fortalecimento ainda maior da necessidade de se estar em compliance, já que a nova legislação surgiu para responsabilizar pessoas jurídicas por atos contra a administração pública, nacional e estrangeira. 

 Em suma, podemos dizer que a compliance fiscal é uma maneira de ficar em conformidade com a legislação brasileira e ao mesmo tempo passar mais transparência sobre os seus processos perante os clientes e funcionários. Apesar de fundamental, não é fácil se manter em dia, por sorte, hoje podemos contar com sistemas de gestão que torna o processo mais ágil. 

5 benefícios do ERP para ficar em compliance fiscal

O ERP é um sistema de gestão integrado que ajuda a sua empresa a automatizar tarefas mecânicas e oferecer máximo alinhamento entre todos os setores. Também é um espaço virtual para armazenar documentos fiscais (como Nota Fiscal, Folha de Pagamento, etc) e organizá-los para quando precisar fazer uma declaração mais precisa. A seguir, confira 5 vantagens de investir neste software para ficar em compliance fiscal:

1- Organização das informações

O ERP possui um espaço virtual – que armazena na nuvem, logo, é bem mais seguro – para guardar documentos fiscais eletrônicos de maneira fácil e intuitiva. 

Dessa forma, a ferramenta é capaz de fazer o armazenamento de maneira segura, economizando espaço com a papelada e ajudando os profissionais da área contábil a encontrarem com mais agilidade quaisquer documentos que precisam declarar à Receita Federal – ou qualquer outro órgão. 

É possível dentro do software fazer a setorização da melhor maneira para se organizar e incluir os documentos eletrônicos. Além disso, existe a funcionalidade para se criar dash boards automatizados que ajudam na organização e verificam a conformidade. 

2- Agilidade para consulta

Uma das tarefas mais difíceis para os profissionais de contabilidade no passado era lidar com o grande volume de informações. Encontrar a papelada já era um grande desafio, maior ainda era o de integrar as informações para gerar um documento específico. 

Com um software ERP, as empresas conseguem mais rapidez para fazer a consulta dos dados no sistema, afinal, tudo está disponível em uma mesma interface, muito mais simples e intuitiva, o que torna a operação como um todo mais produtiva. 

Além disso, é possível fazer a integração das informações do sistema, para recolher as principais documentações necessárias para uma tarefa, e dividir com outra pessoa do time – já que a ferramenta é disponível e integrada para quem possui acesso. 

 3- Redução de custos de impressões

Se no passado as empresas possuíam um custo elevado com a impressão de documentos, nos dias de hoje isso é página virada. Com um sistema de gestão integrada ERP é possível anexar todos os documentos importantes para a sua empresa, sem gastos extras. 

Isso ajuda na redução de gastos com impressão e também com arquivos ou pastas para anexar a papelada – sua empresa não vai precisar dispor de um espaço exclusivo para isso, pois tudo fica registrado no ERP. 

Além disso, acaba sendo uma atuação mais sustentável de certa forma, pois reduz consideravelmente o consumo de papel, o que pode ser bem visto pelos funcionários e clientes. 

4- Automatização e controle dos processos fiscais

Ficar em compliance fiscal é bastante desafiador especialmente no Brasil como pudemos ver ao longo do conteúdo. Afinal, existem muitas leis voltadas para o segmento tributário, e a sua empresa precisa estar atenta aos prazos para não deixar passar – já que isso pode gerar multas e outras penalidades. 

O sistema ERP é capaz de automatizar tarefas burocráticas e ajuda a passar um status de processos fiscais que a sua empresa está participando. Dessa forma, dá total autonomia para o profissional da contabilidade e segurança para entender de um jeito simples em que pé está o processo fiscal. 

5- Regras fiscais sempre atualizadas

A legislação brasileira está sempre mudando. Prova disso se dá pela quantidade de vezes que uma mesma lei é atualizada ao longo dos anos. Todos os anos acontecem mudanças consideráveis, e é difícil, na maior parte das vezes, ter conhecimento de todas elas.

Um ERP é capaz de trazer essa facilidade para a rotina do seu escritório, pois ele é atualizado conforme as normas fiscais mudam ou mesmo novas que passam a ficar vigentes. Por essa razão, é importante buscar por um software que passe confiança nas atualizações de acordo com o que é definido na Constituição. 

Não há dúvidas de que ficar em compliance fiscal é um baita desafio, especialmente no Brasil, mas a boa notícia é que um sistema ERP pode ajudar o seu negócio e representar uma verdadeira economia nos custos.  

A ABC71 oferece ERPs para Indústria personalizados para os diferentes tipos de empresas. Quer saber como essa tecnologia pode revolucionar a organização fiscal e tributária? E que tal ainda não perder mais os prazos para estar em conformidade sempre? A ABC71 pode te ajudar! Entre em contato agora mesmo e solicite um orçamento!

Comentários

Tags Relacionadas
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se