Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

3 Ferramentas de gestão para o dia a dia da indústria

14 de novembro de 2018
ERP
Ferramentas de Gestão

Tem dificuldades em planejar, organizar e acompanhar os processos na sua indústria? Conhecer metodologias e práticas que já são referência na gestão industrial pode fazer toda a diferença. Entenda 3 ferramentas de gestão que são utilizadas no dia a dia de indústrias de diversos portes e segmentos, e saiba como fundamentar os seus projetos para alcançar melhores resultados!

Ferramentas de gestão importantes para todo tipo de indústria

1. 5W2H

Um importante guia para o desenvolvimento de projetos, 5W2H é uma ferramenta de gestão que visa otimizar a implementação de ideias e iniciativas, com um checklist focado na agilidade e assertividade de cada processo.

O nome 5W2H vem dos 7 aspectos que direcionam essa metodologia:

  • What – O que:Quais atividades devem ser realizadas?
  • Why – Por que:Quais são os objetivos e o propósito do projeto?
  • Where – Onde:Onde as tarefas serão implementadas e executadas?
  • When – Quando:Qual é o cronograma de atividades?
  • Who – Quem:Quem são os responsáveis e quem está envolvido em cada processo?
  • How – Como:Qual será a metodologia adotada? Como o projeto será posto em prática?
  • How much? Quanto: Quais são os custos e recursos envolvidos?

Esses questionamentos podem ser um bom ponto de partida para a fundamentação dos processos na sua indústria. Lembre-se: Não adianta correr, sem saber onde se quer chegar, nem qual caminho seguir!

2. Ciclo PDCA

A metodologia do 5W2H pode te ajudar efetivamente na hora de iniciar e estabelecer um novo projeto, mas nenhuma ação pode ser implementada sem ser acompanhada, concorda? É preciso analisar se os métodos e processos aplicados fazem sentido, se trazem ou não resultados, e se precisam ser otimizados.

Planejar, Fazer, Checar e Agir: Esses são os princípios do ciclo PDCA (Plan, Do, Check, and Act, em inglês), que tem como objetivo justamente a melhoria contínua dos processos. A ideia principal dessa ferramenta de gestão é planejar ações e colocá-las em prática, com uma metodologia que previne falhas, e atua diretamente na solução de problemas.

3. FMEA

Falando sobre análise e solução de problemas, a FMEA é outra metodologia útil e assertiva para esse aspecto na gestão de projetos. A Análise de Modos e Efeitos de Falha (Failure Modes, Effects Analysis, em inglês) tem o objetivo de identificar potenciais falhas em produtos, processos, métodos ou sistemas classificando-os conforme os riscos e a importância de medidas corretivas.

Essa é uma importante ferramenta de gestão para a área industrial, administrativa e de manutenção de ativos, prevenindo prejuízos, desperdícios, falhas na qualidade ou ainda problemas com fornecedores, além de proporcionar maior confiabilidade e satisfação aos seus clientes!

Como dar o primeiro passo?

Além das 3 ferramentas de gestão que mencionamos nesse artigo, existem outras metodologias interessantes, como a Análise KPI, SWOT, Canvas, Matriz BCG e Six Sigma. Agora, nenhuma delas funcionará na prática, sem informações confiáveis sobre cada setor da sua indústria. Antes de tudo, é preciso ter uma visão estratégica e integrada de cada um dos processos, com históricos e previsões!

Dessa forma, contar com um sistema de gestão também é essencial para o controle e a otimização de seus processos, fundamentando suas análises, prevenindo erros e detectando potenciais riscos e dificuldades da sua equipe e da sua produção, com dados concretos e em tempo real.

Se quiser entender melhor como um ERP pode colocar com a melhoria contínua de seus resultados, converse com um de nossos especialistas e saiba mais!

Comentários

Tags Relacionadas
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se