Grupo Sarlo investe em ERP da ABC71 para organizar processos

Grupo Sarlo investe em ERP da ABC71 para organizar processos

Uma empresa em pleno desenvolvimento com a necessidade de sistematizar o trabalho e controlar, de forma eficiente, os seus processos. Esse é o perfil do Grupo Sarlo, companhia que atua no desenvolvimento e fabricação de produtos para movimentação e tratamento de água, entre eles, motobombas, aquecedores e produtos químicos para aquários, lagos e fontes, líder no mercado nacional quando escolheu a ABC71 – empresa de tecnologia especializada no desenvolvimento de soluções de ERP (Enterprise Resource Planing ou Software de Gestão Empresarial).

A decisão pelo ERP Omega da ABC71 aconteceu depois de muita pesquisa no mercado. Teresa Pollo, gerente de projetos da Sarlo Better, diz que a empresa é de pequeno porte com 70 colaboradores e duas unidades fabris, mas que tem a necessidade de organização de uma grande companhia. “Estamos em fase de crescimento e, para conquistar um posicionamento ainda melhor no mercado, temos que estruturar nossos processos”, afirma Teresa Pollo.

Para a gerente de projetos, controlar as informações, que antes eram analisadas de forma manual e, assim, ter mais poder de decisão, tornou-se essencial para o crescimento sustentável do negócio. “Estamos em processo de certificação da norma ISO9001:2008s (International Organization for Standardization, ou Organização Internacional para Padronização, em português), portanto, buscamos a excelência. Queremos um sistema que nos dê confiança e agilidade, o que certamente vai garantir benefícios também para os nossos clientes e fornecedores”, avalia a executiva.

O ERP Omega da ABC71 se diferenciou dos outros produtos disponíveis no mercado por atender tanto a área administrativa e financeira como a industrial, além de oferecer um custo acessível à empresa. O projeto teve início há um ano e foi estruturado em fases, de acordo com a necessidade da Sarlo Better. Primeiro, foi realizada a implantação dos módulos de Vendas, Faturamento, Contas a Receber e Nota Fiscal Eletrônica, em substituição a um antigo sistema, pouco eficiente. Em seguida, a equipe fez a implantação dos módulos de Compras, Recebimento, Contas a Pagar e Fluxo de Caixa.

Os resultados, segundo Teresa Pollo, começam a aparecer. “Com o módulo de Vendas, por exemplo, nossa equipe já consegue, de forma muito ágil, fazer um levantamento do histórico de vendas e, assim, estruturarmos a produção de todo o ano”, explica. A gerente também destaca benefícios como o controle das contas pelo módulo Fluxo de Caixa, que auxilia a melhor tomada de decisão dos sócios da companhia. “Tendo a facilidade de analisar as entradas e saídas, é possível planejar investimentos, programar novas ações, entre outras atividades”, diz.

Teresa conta que o projeto foi um grande aprendizado e uma mudança cultural na empresa. “Os funcionários não estavam acostumados a utilizar um sistema de gestão. Tivemos que fazer treinamentos e mostrar que o trabalho se tornaria muito mais eficiente com o software”, afirma. Hoje, segundo Teresa, o ERP Omega já faz parte da rotina das pessoas e elas percebem que conseguem melhores resultados.

Próximos passos – A nova etapa do projeto, é a implantação do módulo Industrial e Gestão de Estoque para uma das linhas de produtos que, desde janeiro de 2013, tem a obrigatoriedade de certificação compulsória. Depois, o trabalho será realizado para as demais linhas do Grupo.