Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Tecnologia aumenta fiscalização em sonegação

7 de setembro de 2016
Notícias
Programa FIS

Administração pública analisa possibilidade de investimento em Fiscalização Inteligente e Seletiva (FIS) para reduzir mercadorias ilegais em trânsito pelo Brasil

A Secretaria da Fazenda de Goiás (SEFAZ/GO) apresentou o programa de Fiscalização Inteligente e Seletiva (FIS), que tem como objetivo aumentar a arrecadação de tributos por meio de fiscalizações proativas de auditores fiscais.

A solução é conhecida como “Big Data”, um sistema inteligente que permite o cruzamento de grande volume de dados das mercadorias em trânsito em tempo real, gerando uma ampla rede de relacionamento entre contribuintes, sócios, contadores, pessoas físicas e jurídicas, representantes de empresas, placas de veículos, carteiras de motoristas, entre outros.

O FIS identifica potenciais infratores por meio de um aplicativo móvel e, com o intuito de enviar alertas com a localização do veículo aos agentes de fiscalização, utiliza integrações com plataformas tecnológicas, como antenas de monitoramento, antenas físicas, sistema de emissão de documentos fiscais eletrônicos (NF-e, CT-e, MDF-e), Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e outros sistemas de entidades governamentais.

O programa foi desenvolvido pela empresa Central IT Tecnologia da Informação em parceria com SEFAZ/GO e resulta em apontar os possíveis focos de sonegação fiscal de uma forma antecipada, resultando em uma blacklist com potenciais infratores, registro de passagem de documentos fiscais, ocorrências de trânsito, entre outros.

“Com essa tecnologia poderemos acompanhar por aparelho móvel as cargas em trânsito da origem ao destino, por meio de um motor de inteligência capaz de diagnosticar antecipadamente focos de sonegação”, informou Eugênio César, auditor Fiscal da SEFAZ, em artigo sobre o programa.

A fiscalização utilizará os dados já disponibilizados pelo SPED em tempo real. Atualmente o sistema já foi implantado em fiscalizações, como do IPVA, proporcionando mais confiança para um retorno positivo em meio à crise.

Comentários

Tags Relacionadas AplicativosFISFiscalizaçãonota fiscal eletrônicaSonegação de ImpostoSPEDtecnologia
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se