Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Sistema ERP na indústria química e farmacêutica

17 de agosto de 2016
Mercado
Sistema ERP ajuda nos setores químicos e farmacêuticos

É possível adquirir um sistema ERP personalizado para os desafios que cada segmento enfrenta. Qualquer ramo de atuação possui uma gestão específica, com suas fiscalizações, controles, exigências, entre outros. No setor de químicos e farmacêuticos não é diferente, as indústrias desses segmentos precisam ser rigorosas em sua gestão, uma vez que os produtos desenvolvidos vão para o consumidor final com uma relevante influência à saúde.

Além das demandas recorrentes, que qualquer empresa precisa gerenciar, as indústrias químicas e farmacêuticas precisam garantir que seus produtos estejam em boas condições de uso. Há uma série de normas a serem cumpridas, que são exigidas, na maioria das vezes, pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A solução é que um sistema ERP pode contribuir e tornar esses processos mais simplificados, ajudando na otimização de tempo, integração das áreas e precisão das informações.

Contribuição de um Sistema ERP para a indústria química e farmacêutica

Rastreabilidade

Com um software de gestão instalado na sua empresa, é possível administrar o histórico de determinado produto, podendo ser uma matéria-prima semifinalizada ou finalizada. Ou seja, é de extrema importância que se tenha controle e identifique a localidade dos produtos utilizados na fabricação, para que, caso ocorra algum problema com determinado lote de produção, seja possível realizar o ‘recall’ de todo o lote contaminado, além de estudar as causas que levaram a essa falha.

Controle de produção

Exatamente pelo processo destacado acima, ressaltamos a necessidade do controle de produção. Além da administração em relação ao dinheiro, é importante saber quem realizou cada etapa, por quanto tempo e em qual máquina. Assim, com um software de gestão, o gestor terá uma visão ampla de todos os processos para detectar erros, acompanhar o trabalho dos funcionários e otimizar o tempo, além de conseguir identificar aonde ocorrem as falhas caso necessário.

Avaliação de indicadores

Um sistema de gestão é capaz de entregar os melhores resultados com informações mais precisas, porém é essencial uma análise de indicadores coletados na produção para a manutenção de boas práticas.

Para desenvolver esse processo com qualidade, depende também das informações registradas nos documentos. Nesse momento, o sistema ERP auxilia na busca de tais informações e permite a transferência dos mesmos para um ambiente em que eles possam ser analisados.

A análise de indicadores permite entender:

  • Falhas durante a produção
  • Causas de reprovação de lote
  • Índices de desperdício durante a produção
  • Recursos que geram esse desperdício

Utilização excessiva de papéis

Não apenas no ramo de químicos e farmacêuticos mas em qualquer outro, é necessário pensar em sustentabilidade. Atualmente, o Brasil pede por empresas amigas do meio ambiente e reduzir os gastos de papeis contribui para isso. Dado um cenário mais complexo pela área da saúde, as indústrias de químicas e farmacêuticas utilizam documentos para testes, lotes, responsáveis, entre outros. Um sistema ERP evita o consumo de finanças, folhas e erros humanos.

Ressaltamos a importância em ter todos os documentos solicitados pela ANVISA presentes para caso ocorra uma inspeção.

Controle de investimento em projetos de pesquisa e desenvolvimento

Para qualquer empresa é vantagem investir em melhoria, além da inovação e novas linhas de produtos. Para o setor químico esse processo deve ser contínuo.

Para validar a melhor escolha de pesquisa, gerenciar os custos e ter uma ampla visão sobre os benefícios que traria à empresa, é importante uma ferramenta adequada que otimize o tempo. Quando um software de gestão entrega informações precisas e evita erros humanos, o gestor tem total controle para saber qual é momento de desistir ou mudar o rumo da pesquisa.

Um sistema ERP irá oferecer a organização que a empresa precisa para ter resultados em projetos com qualidade, pontualidade na entrega e orçamentos comprometidos.

Gestão do negócio

Quando uma empresa está em processo de implantação de um software de gestão, tem a oportunidade de identificar as melhorias e otimizar os processos, gerando assim, o aumento da produtividade e a diminuição de falhas desde a compra de matéria-prima até a entrega do produto acabado.

Um sistema de gestão auxilia também no gerenciamento do estoque de toda a cadeia. Avalie quais são suas principais restrições e qual produto merece maior atenção por meio de análises de rentabilidade dos produtos por volume, receita, custo, vendedor, região, grupo e por cliente. Tudo é fornecido automaticamente com a integração das áreas por um sistema ERP.

Administrar com inteligência se traduz em aumento da lucratividade pela diminuição dos custos diretos e indiretos de fabricação e aumento da produtividade, antecipando, assim, o retorno sobre o investimento.

Sistema ERP da ABC71

A ABC71 oferece diversos sistemas de gestão para cada empresa, como, por exemplo, o sistema ERP que atende as dificuldades do segmento químicos e farmacêuticos. “Nossos sistemas de gestão para as indústrias químicas e farmacêuticas otimiza os processos, controla as licenças e a logística de produtos perigosos ou controlados, garantindo qualidade e segurança na produção”, reforça Julio Bertolini Filho, diretor comercial da ABC71.

Comentários

Tags Relacionadas ativo fixocontabilidadefarmacêuticosindústriasNFequímicossistema de gestãosistema ERPsoftware de gestão
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se