Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Os desafios para o mercado de alimentos e bebidas

14 de julho de 2016
Mercado
Os desafios para o mercado de alimentos e bebidas | Sistema ERP

As indústrias de alimentos e bebidas representam uma grande parcela no PIB brasileiro. Uma pesquisa divulgada neste ano pela Euromonitor mostra que a venda de alimentos naturais e orgânicos cresceu 98% e a demanda por opções tradicionais cresceu 67% nos últimos cinco anos.

Do ano de 2014 para 2015, as indústrias desse setor tiveram um crescimento de 25% nas receitas, um aumento de 20% na geração de caixa medida pelo EBITDA e de 24% nos resultados líquidos. Para manter esse ritmo do setor é necessário enfrentar alguns desafios e investir em soluções tecnológicas como sistemas ERP para atender às exigências do mercado.

As tendências desafiantes para o setor são:

Inovação de produto

A valorização das experiências do consumidor, não somente nesse segmento, mas com produtos e serviços em geral cria a necessidade de inovar nos alimentos para permanecer relevante e atrair consumidores.

“Alimentos práticos e saudáveis estão na mira dos consumidores. As famílias estão menores e têm menos tempo para preparar a refeição em casa. Buscam por produtos congelados, por exemplo, que também sejam nutritivos e saudáveis. É uma área bem desenvolvida lá fora, com grande potencial no país”, informa Amanda Peregrine Primo, do serviço de tecnologia da inovação do IST de Toledo em uma entrevista para o jornal Gazeta do Povo.

Agregar essa variedade de produtos, sabores e tamanhos de embalagens aumenta a complexidade na previsão, gestão de estoque e programação da produção nas indústrias, por isso se faz necessário um sistema ERP que mantenha integrado todos os setores da empresa, além de permitir que o gestor tenha maior controle sobre os processos. Será possível prever quando preciso repor o estoque e com qual quantidade a partir do controle da produção e assim por diante.

Qualidade e conformidade

É obrigação das indústrias atingir a expectativa dos consumidores, principalmente em relação a qualidade. Um recall, por exemplo, além de um custo muito alto, pode causar danos irreversíveis a uma marca. Os compradores, que estão cada vez mais conscientes e informados, procuram produtos que sejam seguros e de qualidade comprovada.

Ainda sobre qualidade, também é preciso ficar atento e responder a uma rigorosa legislação, regulamentação, atributos como rastreabilidade, garantia de origem, rotulagem informativa, controle de riscos e certificação de qualidade são indispensáveis.

Neste ponto, um sistema ERP promove que o controle de qualidade esteja mais atento aos pequenos erros e alinhado com o responsável por analisar a produção, a fim de melhorar a entrega final.

Custos operacionais, rendimento e margem

Boa parte das matérias-primas para atender essas novas exigências dos consumidores incluem atividades como o plantio, seleção dos reprodutores animais, etc. As indústrias passam a depender das variações climáticas e de safras, que tem grande impacto nos custos.

Um sistema ERP permite gerenciar custos e margens de forma detalhada e em toda a cadeia de abastecimento, já que uma pequena alteração no rendimento pode significar uma grande mudança nos lucros.

Excelência de serviço

Outro desafio que precisa ser planejado é que alguns ingredientes estão disponíveis apenas em determinados períodos do ano.

Promoções podem criar picos de demanda que são difíceis de prever. É necessário planejar compras de matérias-primas e embalagens antecipadas, assim, com um sistema ERP você pode ter uma gestão eficiente. Controle e previsão da produção, planejamento e execução, com a habilidade de capturar, visualizar e analisar todas as informações de forma integrada.

Sistema ERP

Visto esse cenário, para gerar mais lucro e enfrentar os desafios do setor de alimentos e bebidas é fundamental investir em um sistema ERP que integre todas as informações da sua indústria, resultando em mais eficiência, redução de erros e custos. Além de ganhar tempo para inovar com pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos e de processos.

“Somente quando os negócios e as estratégias de tecnologia estiverem devidamente alinhados, as indústrias de alimentos e bebidas poderão atingir o valor máximo possível de seus investimentos em software empresarial“, explica Ana Paula Horemans, gerente de produtos da Infor Brasil e América do Sul em entrevista para o portal Administradores.

As soluções de sistemas ERP oferecidas pela ABC71 são específicas para atender as indústrias de alimentos e bebidas. Além das operações básicas, o software de gestão da ABC71 também é voltado para enfrentar os desafios do setor.

“Desenvolvemos o sistema ERP de acordo com a necessidade dos nossos clientes. Hoje não apenas vale a pena, mas como é quase obrigatório ter um sistema ERP nas empresas. São muitas exigências fiscais que necessitam da tecnologia, tudo baseado em dados do que foi vendido, não tem mais como ser feito à mão”, conta Antônio Flávio Barbosa, presidente da ABC71.

Comentários

Tags Relacionadas Alimentos e bebidasdicaseconomiaindústriasmercadonegóciosvendas
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se