Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Processo de produção: 7 Dicas para melhores resultados

7 de novembro de 2018
Gestão
Processo de Produção

Para garantir a eficiência ao longo de todo o processo de produção na sua indústria, desde a abertura de pedidos até a logística dos produtos, é preciso seguir alguns princípios de planejamento, organização e monitoramento para cada uma das demandas. Com o alto fluxo de informações e atividades diárias, essa pode até parecer uma atividade complexa, mas estamos aqui para te ajudar a encará-la de maneira estratégica!

Entenda as melhores práticas na hora de otimizar o processo de produção da sua indústria, e como extrair os melhores resultados de todo o ciclo produtivo!

7 Passos para um processo de produção mais ágil e eficiente

1. Mapeie e integre todos os processos

Estoque com desperdícios e prejuízos, equipe ociosa, clientes insatisfeitos, prazos não atendidos e problemas recorrentes com fornecedores estão entre os principais sinais da má estruturação do processo de produção.

Se você identificou algum desses problemas no dia a dia da sua indústria, é hora de parar e repensar alguns processos! Essas falhas estão diretamente relacionadas a uma visão não detalhada e gaps no mapeamento produtivo. Portanto, a melhor forma de evitá-las é estabelecendo análises aprofundadas no core-business da sua indústria, bem como padrões e direcionamentos para a execução das atividades diárias.

Não dá para cada um fazer de um jeito, sem prazo, planejamento, e principalmente sem embasamento. É preciso mapear e integrar todos os processos a partir de informações confiáveis e atualizadas, para então identificar e resolver os gargalos na sua produção!

2. Descentralize as decisões

Você é constantemente chamado para resolver problemas na sua indústria, e às vezes a sua equipe para a produção para aguardar o seu posicionamento? Bom, isso não pode acontecer! Pelo menos não o tempo todo… A centralização e hierarquização das decisões que precisam de uma solução imediata apenas atrasa e prejudica o processo de produção.

Até por questões estratégicas, é fundamental saber delegar as tarefas – de forma organizada. Lembre-se: A função de um líder não é resolver todos os problemas, mas sim possibilitar que todo o time entenda o que é melhor para o sucesso da indústria, buscando a produtividade e qualidade em todas as operações!

3. Entenda as demandas e planeje os suprimentos

Um dos maiores enganos na gestão de materiais de uma indústria é apostar sempre em um estoque que tem mais que o necessário. Nesse caso, não é melhor prevenir do que remediar! A estratégia é entender a demanda, bem como suas sazonalidades e particularidades, para poder apostar em um estoque minimizado!

Não precisa ter demais, mas sim o que é importante para manter o funcionamento do processo de produção sem atrasos, prejuízos ou desperdícios! Além do mais, apenas conhecendo a fundo o fluxo de oferta e demanda é possível entender de fato a capacidade e a necessidade produtiva da sua indústria!

4. Previna os riscos operacionais

Falando especificamente de manutenção e monitoramento, agora sim: é melhor prevenir do que remediar! Falhas e paradas inesperadas nos equipamentos impactam diretamente a produtividade e a qualidade da sua indústria. Portanto, estabelecer medidas e suportes preventivos contra os riscos operacionais é um dos princípios para se ter bons resultados durante o processo de produção.

Apesar de alguns gestores encararem esse passo como um gasto desnecessário e fora de hora, na verdade, é uma das principais formas de economizar na sua indústria! Afinal, fazer a manutenção periódica de uma ferramenta, e comprar matéria-prima com boa qualidade custa muito menos do que equipamentos danificados ou lotes inteiros de produtos com a qualidade prejudicada, concorda?

5. Invista na capacitação de sua equipe

Se o seu objetivo é potencializar e otimizar o processo de produção na sua indústria, você não pode deixar de lado o treinamento e a especialização de quem faz todo o ciclo produtivo acontecer! Como a qualidade da matéria-prima, a expertise da sua mão-de-obra é determinante para a qualidade e os resultados finais de seus produtos e serviços.

Essa é uma via de mão dupla: Você investe em seus colaboradores, e eles investem na sua indústria!

6. Trabalhe com metas e métricas claras

O processo de acompanhamento e diagnóstico é mais um passo essencial para alcançar bons resultados em todo o processo de produção, direcionando o seu gerenciamento, metas e decisões. Existem diferentes metodologias que podem te ajudar a estabelecer históricos e previsões assertivos, como a definição de metas SMART, OKR e o acompanhamento de indicadores KPI.

Se quiser entender melhor como funciona essa estratégia na prática, confira nosso dashboard interativo sobre a Gestão por Indicadores: Acesse aqui!

7. Conte com a tecnologia e automação

Apostar nas ferramentas certas e contar com toda a praticidade e agilidade da tecnologia é um investimento que traz grandes resultados a curto, médio e longo prazo!

A implementação de um sistema de gestão, por exemplo, ajudará a mapear e a integrar os processos, bem como a estabelecer metas e métricas verdadeiramente coerentes no cenário atual da sua indústria.

Essa é uma estratégia indispensável para gerenciar melhor o tempo e os recursos de todo o processo de produção, evitando falhas por erros humanos e informatizando todos os dados importantes para as suas tomadas de decisão.

Se quiser saber mais sobre como um ERP pode te ajudar a otimizar os processos de produção na sua indústria, você pode agendar uma demonstração gratuita do nosso sistema, para entender todas as funcionalidades e vantagens na prática. Entre em contato com nossos consultores!

Comentários

Tags Relacionadas
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se