Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Internet das Coisas: O que muda para as empresas?

14 de julho de 2016
Gestão
Internet das coisas | Sistemas ERP

Um assunto muito abordado hoje é a Internet das Coisas, além de saber o conceito, é preciso entender como se adaptar a essa revolução tecnológica que estamos vivendo. Uma pesquisa divulgada no ano passado da Unidade de Inteligência Economista (EIU), já mostrava que 96% dos líderes de negócios esperavam que suas empresas usassem a Internet das Coisas, de uma forma ou de outra, em 2016.

O termo significa que vários tipos de objetos e dispositivos inteligentes vão interagir entre si e conosco, transformando nosso dia a dia mais fácil. Isso não é uma novidade, cada vez mais surgem eletrodomésticos, meios de transporte e até mesmo vestuários ou o segmento de saúde conectadas à Internet e a outros dispositivos, como computadores e smartphones.

Podemos entender que o mundo físico e o digital se tornem um só, através dispositivos que se comuniquem com os outros, os data centers e suas nuvens, mas isso só passa a ser realmente algo natural e parte de nossas vidas quando não percebemos mais a existência delas. “As tecnologias mais importantes são aquelas que desaparecem. Elas se integram à vida do dia a dia, ao nosso cotidiano, até serem indistinguíveis dele”, disse Mark Weiser, criador do conceito de Computação Ubíqua.

No entanto, tais iniciativas não são apenas para grandes corporações. A Internet das Coisas também oferece muitas oportunidades para as pequenas e médias empresas. Na verdade, investir em aplicações e tecnologia ao invés de mais pessoas faz com que as empresas em geral se tornem inovadoras e mais competitivas.

“A tendência é que todas empresas migrem para um sistema ERP, mesmo as menores. Hoje é tudo eletrônico, quem ainda usa contabilidade precisa se adaptar para uma mudança, porque isso está acabando, mesmo as lojas menores precisam ter a NF-e. Nós estamos sempre atualizados com as exigências fiscais e processos internos”, explica Antônio Flávio Barbosa, presidente da ABC71, pioneira no desenvolvimento de software de gestão no Brasil.

Seja qual for o seu objetivo, simplificar cadeias de produção, gerenciar os gastos em geral, pagamento, atendimento ao cliente ou outras aplicações para ativar automaticamente processos de negócios integrados, o que você terá em comum entre elas é a necessidade de se conectar.

Os Sistemas ERP já migraram e hoje tem a opção de ser 100% web, quer permite seus dados integrados com segurança em um datacenter, possibilitando acesso em qualquer horário e local.

Independentemente do tamanho da empresa, é necessário procurar um sistema ERP para integrar recursos de computação, oferecer informações em tempo real, garantir eficiência nas análises e interligar todos os processos.

A ABC71 disponibiliza sistemas ERP com todas as ferramentas disponíveis para o sucesso, os software de gestão são desenvolvidos para que sua empresa enfrente os desafios nessa época de transição para a internet das coisas e também sob medida para que seu negócio não pare de crescer.

Comentários

Tags Relacionadas futuroinformaçãointegraçãoInternet das coisastecnologia
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se