Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial. Cadastre-se

Gerenciamento de processos: 5 Desafios e como resolvê-los

5 de dezembro de 2018
Gestão
Gerenciamento de processos

Os padrões até podem ser um bom direcionamento, como o sistema de produção Ford e Toyota, que foram replicados em indústrias de diversos portes e segmentos. No entanto, cada produto apresenta suas particularidades e seus desafios, não é mesmo? Nesse artigo, separamos as dificuldades mais comuns no gerenciamento de processos industriais, de forma a te ajudar a encontrar as melhores soluções.

Essa estratégia está fundamentada em 3 pilares principais: processos, sistemas e pessoas, e tem o objetivo de possibilitar uma visão detalhada e integrada de cada setor da sua indústria, alinhando as atividades com o fluxo de trabalho e o cenário do mercado. Entenda como garantir organização e melhores resultados para a sua gestão!

5 Dificuldades no gerenciamento de processos

1. Integrar os setores e as ferramentas

As falhas de comunicação, os fluxos de produção não mapeados, a desatualização das informações e a dificuldade em identificar os gaps no desempenho dos processos são sintomas comuns das falhas na integração das atividades e ferramentas na indústria.

Implantar uma cultura de planejamento, organização e padronização pode te ajudar na modelagem dos processos e projetos, construindo uma cadeia de valor na sua produção. Agora, para garantir informações em tempo real e total integração no gerenciamento de processos da sua indústria, é fundamental contar com um sistema de gestão que apresenta funcionalidades adequadas às necessidades do seu segmento, englobando cada área e atividade.

Assim, a partir de um ERP, você desenvolve uma visão global de todos os seus processos, garantindo a estruturação efetiva de cada etapa da produção e promovendo o ganho de escala como um diferencial competitivo, sem deixar de lado a performance dos outros departamentos.

2. Crescer e inovar de forma estruturada

Toda gestão deve ser direcionada para o crescimento e a conquista de novas oportunidades, mas crescer de forma desordenada pode ser um grande tiro no pé! Aliás, essa é uma das razões comuns no fechamento de empresas e indústrias que surgem no cenário econômico de hoje. É preciso tomar cuidado para que o seu negócio adquira novos clientes e se destaque diante da concorrência sem perder a qualidade e o engajamento da equipe, enfrentar problemas na gestão de estoque e recursos, ou encarar a desorganização de seus processos.

Para acompanhar a dinamicidade e o alto fluxo de informações da sua indústria, busque sistemas e ferramentas que te ajudem a crescer de forma estruturada, planejada e estratégica, conforme as metas e os valores da sua gestão!

3. Prevenir riscos, prejuízos e desperdícios

Outro sinal de alerta no gerenciamento de processos é a falta de controle dos riscos operacionais, prejuízos e desperdícios. Toda indústria está sujeita a imprevistos, claro, mas preveni-los é uma tarefa básica da sua gestão.

Investir na manutenção preventiva dos equipamentos, sistemas e ferramentas na nuvem para backups das informações mais importantes, bem como em um estoque minimizado, são passos essenciais para garantir a segurança e produtividade da sua equipe e de toda a sua empresa.

Além disso, implementar processos bem definidos e automatizados previne retrabalhos e ajuda o seu time a ter maior autonomia nas atividades diárias, entregando tudo o que é esperado conforme os prazos, com alertas automáticos no sistema.

4. Estabelecer metas assertivas e coerentes

Processos eficientes devem ser direcionados conforme as metas e os objetivos da sua indústria. Agora, também não adianta estabelecer planos impossíveis, irrelevantes ou incoerentes!

A melhor forma de engajar a sua equipe e direcionar as atividades da sua gestão com foco em resultados é estabelecendo metas assertivas, desafiadoras e alinhadas com o cenário do mercado e da sua indústria. Para isso, existem metodologias que podem te ajudar, como o método SMART, ou OKR.

5. Acompanhar os indicadores

Metas estabelecidas: ok! Mas e o acompanhamento? É necessário validar se suas estratégias estão fazendo sentido, quais são as melhores práticas ou quais devem ser as medidas corretivas. Só assim é possível desenvolver processos que viabilizam melhorias contínuas, a satisfação de seus clientes, e o crescimento ordenado de seus resultados.

Portanto, um dos passos essenciais em suas estratégias é acompanhá-las periodicamente, com informações confiáveis sobre cada atividade e setor. Para isso, um sistema ERP pode te ajudar a manter os dados sempre atualizados, integrando as áreas da sua produção com o financeiro, contábil e administrativo.

Um bom sistema de gerenciamento de processos ainda pode te ajudar a recuperar o histórico de informações, avaliando gargalos e pontos de melhoria.

Caso você queira entender na prática tudo o que um sistema de gestão pode fazer pela sua indústria, entre em contato com um de nossos especialistas! Somos pioneiros no desenvolvimento de sistemas ERP no Brasil, com mais de 45 anos de experiência no atendimento às particularidades do segmento industrial. Nossa equipe está sempre pronta para desenhar a melhor solução para nossos clientes!

Comentários

Tags Relacionadas
Publicações relacionadas

Não perca nenhuma novidade! Receba nossos artigos e materiais e fique preparado para os desafios da gestão industrial.

Cadastre-se